Last Updated:

Pokémãobr ensina: como atrair tech recruiters

E ai, tudo beleza contigo? Pokemaobr aqui novamente com mais um tópico para você que está em busca do seu primeiro emprego como dev, ou até mesmo para você que quer novidades e mudar de ares na sua carreira.

No início da carreira é normal a pessoa desenvolvedora ir atrás das vagas, entrar em processos seletivos demorados, com muitas etapas e no desespero de realmente conseguir a bendita vaga e poder iniciar sua trajetória como dev.

Mas, caso você analise algumas pessoas devs, principalmente do twitter do linkedIn, encontra muita gente reclamando, inclusive, da quantidade de recrutadores que entram em contato (muitos deles com vagas que não fazem nenhum sentido para com stack de desenvolvimento para quem oferecem).

No artigo de hoje irei falar um pouco sobre o que você pode fazer para estar mais próximo desses recrutadores e consequentemente conseguir vagas sem precisar tanto correr atrás.

Participe de uma comunidade de desenvolvimento

A primeira coisa que indico para pessoas que querem entrar e/ou migrar para a área de desenvolvimento é que participem de uma comunidade. No Brasil em geral, cada estado possui uma comunidade local das linguagens mais utilizadas.

Caso você use PHP, temos: PHPSP, ou PHPRio, ou PHP com rapadura, PHPWomen, etc. Se você é de python temos os Grupys, o pyladies. Se você é de Ruby os Gurus, RailsGirls, etc. Então, indico e muito você procurar essas comunidades para entender como funciona o ecossistema das linguagens que você quer começar desenvolver.

O Nawarian recentemente escreveu um artigo que lista comunidades de desenvolvimento brasileiras, presenciais e online.

Esse tipo de networking é muito legal quando está se conhecendo o ambiente que permeia. As pessoas que participam em geral tem uma experiência legal e podem te adiantar algumas características que você vai perceber um pouco mais para a frente sobre como funciona até mesmo a parte de contratação para a stack daquela linguagem, bem como as ferramentas mais utilizadas, frameworks, etc.

Com a pandemia muitos dos encontros passaram a ser online, o que facilita você participar de algum desses grupos mesmo não estando no mesmo estado ou cidade do grupo. Sempre que há encontros existem pessoas que vão para tentar recrutar ou oferecer vagas nas empresas que trabalham.

Apareça nas redes sociais

Um passo importante para que recrutadores encontrem você, é exatamente poderem te encontrar. E para isso, você deve ser uma pessoa fácil de encontrar. Estar nas redes sociais, faz com que você esteja em uma posição mais acessível e com isso, facilita a comunicação e diminui a distância de uma possível vaga, ou até mesmo de algum contato para um desenvolvimento pontual.

Para devs, eu indico muito o twitter como uma das principais redes sociais. Engajar bons conteúdos lá fazem com que você possa atingir um número interessante de pessoas e que você possa até mesmo ser relevante na #bolhadev (o modo que chamamos um grupo aleatório de desenvolvedores que criam conteúdo e/ou interagem com outras pessoas devs no twitter).

Para o twitter em específico, eu indico que você não consuma todo tipo de conteúdo de lá. Existe o que chamamos de tretas dev, que são literalmente cagações de regra (alguém que puxa um tema polêmico afirmando alguma coisa que muitas das vezes não faz o menor sentido) que só servem para criar um ambiente tóxico e unir pessoas tóxicas em torno de temas que se repetem de tempos em tempos.

Porém, você pode silenciar ou bloquear as pessoas que incitam esse tipo de conteúdo e utilizar a rede social de uma maneira fluida. Eu por exemplo tenho mais de 9000 seguidores e consigo muitas coisas legais usando o twitter. Inclusive fiz um vídeo para ajudar as pessoas a crescerem utilizando essa rede social. Também desenvolvi uma estratégia para você conseguir o seu primeiro emprego dev utilizando a força da #bolhadev.

Outra rede social que eu indico para fins profissionais é o linkedIn. Embora particularmente não tenho dado tanta atenção para essa rede (devido a quantidade infinita de posts caça interação e a incrível corja de pseudo coaches que fazem qualquer ação cotidiana virar um post de auto-ajuda).

Mesmo assim, uma grande quantidade de recrutadores utilizam essa rede social. Então, ter uma conta lá com a descrição de seus últimos trabalhos, estudos e coisas do tipo é interessante para você receber contato dessas pessoas.

Para ajudar a você a melhorar a qualidade do seu linkedIn, o Nawarian escreveu esse artigo aqui, onde em 12 passos você pode melhorar o seu perfil.

Outra coisa que sempre falo para a galera dev verificar é o que aparece quando você pesquisa o seu nome ou nick no Google, dependendo do que tiver como resultado, isso pode ajudar a entender como as pessoas recrutadoras podem encontrar você.

Sobre instagram, sinceramente… deixa pra lá…

Tenha projetos no seu github

Uma maneira das pessoas devs mostrarem um pouco do que são capazes de fazer para o mundo é através de projetos de código e, uma ferramenta muito importante para o compartilhamento de código entre devs é o github.

Aí você me pergunta… Pokemãooo, mas é obrigatório toda pessoa dev ter um github e projetos relevantes lá? NÃO. Porém, ter códigos lá facilita e muito para pessoas recrutadoras entenderem com que tipo de stack você desenvolve, o que você compartilha de código com as pessoas e até mesmo ter uma ideia do seu nível de desenvolvimento.

No meu github coloco projetos que desenvolvo nas lives, tenho fork de projetos open-source que utilizo, ajudo em repositórios de conteúdo, entre outras coisas. Caso você não saiba que tipo de projetos desenvolver para deixar no seu github, escrevi esse artigo aqui.

Já conheci pessoas que conseguiram empregos em projetos open-source simplesmente porque eram as pessoas que mais contribuíam naqueles projetos sem receber.

Faça um site pessoal e/ou mantenha um blog ou produza algo em algum site de conteúdo

Outra coisa que pode te ajudar e muito para recrutadores te encontrarem é a produção de conteúdo. Algumas vezes já fui contactado por pessoas que precisavam de alguma skill específica em uma biblioteca, por exemplo, simplesmente por ter feito um artigo sobre aquele tema.

Um site pessoal, por exemplo, pode ter o compilado de todos os links que remetem a seus perfis, o que facilita a comunicação de recrutadores para você. Além de você poder usá-lo como portfólio.

Blogs pessoais fazem com que você aprenda mais e tenha um repositório de fácil acesso sobre o conteúdo que você produz. Além de poder ter algum controle sobre as pessoas que consomem o mesmo.

Caso você tenha interesse, convido você que está lendo esse artigo à escrever e publicar aqui no Codamos também. É legal você ganhar uma visibilidade com seus artigos dentro da comunidade brasileira, além de receber suporte na revisão de textos, temas e etc. Se quiser saber como publicar: https://github.com/codamos-com-br/.

De qualquer jeito, produzir conteúdo faz com que mais pessoas saibam da sua existência e tenham alguma idéia sobre sua experiência com desenvolvimento, o que facilita em caso de procurarem pessoas com as suas skills.

Participe de eventos

Para finalizar, só tenho que falar para você participar de eventos. Organizo eventos de TI desde 2012 e a cada ano que passa mais empresas querem patrocinar os eventos apenas para atingir um número maior de devs e oferecer vagas de emprego.

Esteja lá, seja palestrando e compartilhando conhecimento, ou consumindo conteúdo e visitando os stands das empresas que patrocinam. Quem sabe você não sai do próximo evento já com um emprego?


Desejo que tenha curtido esse artigo. Caso tenha alguma dúvida pode entrar em contato comigo no [email protected] ou na minha live: https://twitch.tv/pokemaobr ou no twitter: https://twitter.com/pokemaobr ! Deixa aqui o seu comentário sobre o que foi escrito. Obrigado de coração e até a próxima.

Comments