Last Updated:

Consegui meu primeiro emprego dev, e agora?

Fala galera, tudo belezinha? Novamente pokemaobr aqui para falar com vocês sobre coisas de desenvolvimento. Dessa vez iremos falar um pouco sobre as etapas que você irá passar após conseguir o seu emprego como dev.

Realmente é uma parte muito complexa o início dos estudos em desenvolvimento, até a conquista do seu primeiro emprego. Porém, os esforços não acabam por aí. Existem algumas coisas a se fazer assim que entramos na empresa e algumas coisas que devemos saber antes de começar nossa caminhada dentro do desenvolvimento propriamente dito.

A primeira palavra que acho que devo dizer com um conselho para você que conseguiu um emprego é: CALMA. Nada do que você pensou vai ser imediato e é importante você ter essa idéia antes do seu primeiro dia.

Todo o time em torno da mesma mesa olhando para o novo membro da equipe.
Todo o time em torno da mesma mesa olhando para o novo membro da equipe.

Em geral você não vai ter acesso a nenhum código nos primeiros dias, vai passar alguma parte do seu dia em reuniões que talvez não façam muito sentido para você, irá tirar parte do tempo que você pensou que iria só estar codando para ler documentações, conhecerá por alto as áreas de atuação da empresa, conhecerá a equipe que trabalhará com você e provavelmente outras equipes que trabalharão indiretamente com você.

Caso você opte pelo regime de trabalho CLT (no Brasil), a primeira coisa a se fazer antes de começar o trabalho em si é assinar os contratos, a galera pega também a sua carteira de trabalho e te pedem para fazer o exame médico de admissão, nesse exame basicamente uma pessoa médica te perguntará algumas coisas acerca da sua saúde, te pesará e medirá sua altura, e observará você para entender se está com aptidão ao trabalho ao qual te designaram.

Já no regime PJ, você deverá abrir uma empresa e aguardar o período da abertura para poder emitir nota. (É interessante você contratar e conversar com uma pessoa contadora antes para entender o processo geral em que se encaixa a atividade de desenvolvimento de software no simples nacional). Eu particularmente não indico o regime PJ para quem está no primeiro emprego de desenvolvimento, mas, por exemplo, minha primeira experiência após sair da faculdade foi nesse regime, então é bem importante você ler sobre isso antes de entrar.

Após resolvidas essas burocracias, vamos ao que interessa. O que geralmente vai ocorrer com você quando iniciar o trabalho?

Suas Boas Vindas

Hoje em dia, até mesmo por influência do LinkedIn, muitas empresas oferecem o que chamamos de welcome kit (kit de boas vindas) para quem está entrando. Esse kit é meio que um modo de mostrar que a empresa se preocupa com você, é muito comum você receber quando entra em uma grande empresa, em uma startup “popzinha” ou agora no regime remoto.

Varia demais de empresa para empresa o que você receberá neste kit, em algumas até notebook e cadeira gamer você recebe, em outras alguns snacks, adesivos, camisetas e adivinhem??? cadernos rs.

Hoje em dia eu acho legal quando você recebe coisas massas no welcome kit, você já começa a sua jornada na empresa de um modo que te anima e em geral espera coisas boas nos dias que sucedem o começo. Porém, não ter welcome kit ou não ter algo que brilhe seus olhos, não faz da empresa um lugar ruim.

O onboarding

O processo de inicialização (primeiros dias da sua entrada em uma empresa) é chamado de onboarding. A ideia desse processo é que você se sinta parte dos processos na empresa, conheça um pouco da sua equipe e das equipes que você trabalhará diretamente, entenda o ciclo de desenvolvimento que será aplicado e, pouco a pouco, comece a receber suas demandas.

Meme sobre expectativas vs. realidade para o primeiro emprego como pessoa desenvolvedora
Meme sobre expectativas vs. realidade para o primeiro emprego como pessoa desenvolvedora

Aqui que muita gente acaba se desesperando quando começa um emprego dev. Na maioria das empresas, você vai demorar um tempo até mexer no código de verdade e a ansiedade da galera que está começando aflora demais nesse período.

É importante entender que grande parte das empresas trabalha com algum nível de criticidade em seu negócio e também com algum tipo de confidencialidade, e é importante você estar a par do que você vai poder ou não fazer. Além de entender o básico sobre como funciona o processo de desenvolvimento dentro da empresa em si.

Então, se você não tem muita experiência na tecnologia, nesse período sua equipe vai te convidar para estudar mais e se aprimorar. Além disso, você vai ter suporte da equipe para entender o processo de versionamento de código, entender superficialmente sobre a stack que é utilizada, entender o estilo de código que é desenvolvido, como é organizado o código, as principais regras de negócio que você vai ter que lidar e outras peculiaridades.

Outra coisa importante a se observar e que antes da gente entrar na área de desenvolvimento a gente acaba não entendendo, é que o onboarding sempre é algo demorado, independente do nível de senioridade. Ouso até ao falar que quanto mais sênior, mais demorado o onboarding.

Minha dica: perturbe realmente as pessoas que já estão lá a mais tempo! É importante no começo da sua carreira como dev (na verdade não só no começo), você absorver o máximo de conhecimento que puder, até para facilitar quando você começar a mexer nas coisas realmente.

O trabalho propriamente dito

Após apresentadas todas as premissas para você poder começar a trabalhar realmente, aí sim você vai colocar a mão na massa e começar a desenvolver as coisas. Cada empresa tem sua maneira de gerenciar as tarefas e o modo que vai ser entregue. Mas, um fluxo normal de trabalho que é bem aplicado hoje em dia é o SCRUM (um framework agile), ou algo parecido com isso.

O que quer dizer que geralmente a cada 2 semanas (depende da empresa/equipe), haverá uma reunião para definir as tarefas de cada pessoa e você terá um prazo estipulado entre essas 2 semanas para realizar o desenvolvimento delas. E haverão outras reuniões (geralmente uma reunião diária e outras complementares) para entender o andamento das tarefas e o que te impede de realizá-las caso tenha algum problema.

Nessa fase também, você irá realmente entender na prática como funciona o sistema de versionamento utilizado na empresa, os padrões de código e arquiteturas, os processos de deploy, entre outras fases do desenvolvimento.

Com o passar do tempo você vai pegar o jeito da empresa trabalhar e ficará bem mais fácil fazer realmente parte do todo.

Veja também: como evitar programação por coincidência e sempre ter certeza de que seu código está livre de erros.

Seu crescimento e de olho em novas oportunidades

É sempre importante você continuar atuante também fora da empresa para se manter em atualização: seja participando de comunidades de desenvolvimento, consumindo conteúdo de criadores, fazendo cursos, participando de eventos, alimentando seu github com projetos pessoais ou auxiliando em projetos open-source, etc.

Uma premissa que é bem verdadeira, ainda mais na área de desenvolvimento. As pessoas recrutadoras buscam muito mais pessoas que já estão empregadas que as pessoas que não estão. E, se atualizando constantemente, você será uma pessoa muito bem vista. 

Descreva bem suas habilidades no LinkedIn, se possível tenha um site portfólio. Palestre, se divulgue, tenha um twitter ativo, dentre essas coisas que você lê, escuta e/ou assiste por aí. 

A área de desenvolvimento está muito aquecida, mas, você não pode parar no tempo. Evolua sempre, se atualize sempre, estude sempre, e se mostre relevante. Quando você fizer isso, não precisará mais correr atrás de vagas. As vagas virão até você.

Desejo que tenha curtido o conteúdo e que ele te ajude a ter uma ideia de como será o seu início na área de desenvolvimento

Caso tenha alguma dúvida pode entrar em contato comigo no [email protected] ou na minha live: https://twitch.tv/pokemaobr ou no twitter: https://twitter.com/pokemaobr!

Obrigado de coração e até a próxima.

Rodrigo "Pokemaobr" Cardoso

Rodrigo "Pokemaobr" Cardoso

Streamer (Live "Coder") na Twitch. Apresentador do talk show The Velopers, desenvolvedor e streamer. Organizador e curador de eventos de TI. Bacharel em matemática com MBA em SOA. Evangelista PHPSP e criador do PokePHP. O foco é ajudar a comunidade a disseminar conteúdos técnicos e piadas para devs. Twitter: https://twitter.com/pokemaobr linkedin: https://linkedin/in/pokemaobr Instagram: https://instagram.com/pokemaobr Twitch: https://twitch.tv/pokemaobr Github: https://github.com/pokemaobr

Comments