Last Updated:
Uma mulher desenvolvedora de software atrás de um computador com adesivos do mascote do Github
Uma mulher desenvolvedora de software atrás de um computador com adesivos do mascote do Github

Como subir arquivos pro seu projeto no Github

Nawarian
Nawarian git

Subir arquivos para o GitHub é um processo simples que envolve o uso de alguns comandos no terminal como git status, add, commit, remote entre outros que veremos aqui.

Ao fim deste post há também um vídeo pra te auxiliar visualmente a entender como subir arquivos no github.

Preparação

Para esse tutorial você precisará ter o Git instalado em sua máquina e uma conta no GitHub.

Para instalarmos o Git no windows basta entrar no site do git scm e fazer o download. No linux e no mac basta colocar o comando abaixo no terminal.

# No linux
$ sudo apt-get install git

# No mac
$ brew install git

Iniciando seu repositório

Precisaremos criar o repositório no GitHub, faça login na sua conta, no seu perfil vá em Repositories e New.

Criando um repositório no Github.
Criando um repositório no Github.

Coloque o nome desejado no campo Repository Name e uma breve descrição (não é obrigatório), no nosso exemplo vamos utilizar o thePHP.

Configurações iniciais

Antes de iniciarmos um repositório local é necessário definir seu nome e endereço de e-mail, essa configuração inicial é importante porque todos os commits do git utilizará essas informações, para isso use os comandos abaixo no terminal.

$ git config --global user.name "<nome>"
$ git config --global user.email "<email>"

Caso você queira verificar as configurações é só utilizar o comando:

$ git config user.name

Para iniciarmos um repositório git, no terminal execute o comando abaixo (certifique-se que você está dentro do seu repositório utilizando o comando cd) ou com o botão direito do mouse dentro da pasta onde ficará o seu projeto clique em Git Bash Here:

Git Bash Here no Windows.

E execute o comando:

$ git init

Git status

O Git utiliza estados para monitorar seus arquivos, com o “git status” é possível ter um controle do que está se passando em seu repositório, para entendermos melhor como funciona, temos o exemplo abaixo que criará um arquivo Hello World.txt contendo dentro dele um simples texto “hello world” e mostrará o estado do arquivo.

$ echo Hello World > helloWorld.txt
$ git status

on branch master
No commits yet
Untracket files:
      (use “git add <file>...” to include in what will be commited)
            hellowWorld.txt
nothing add to commit but untracked files present (use “git add” to track);

Podemos observar que o arquivo helloWorld.txt está com o estado de untracked file, isso quer dizer que o arquivo não está sendo monitorado pelo git, então qualquer coisa que acontecer com ele o git não será “responsável”.

Git add

O comando “git add ” ou “git add .” (para todos os arquivos no repositório) monitora os arquivos e adiciona uma alteração dele no diretório à staging area, que é o local onde prepara os arquivos para o próximo commit.

$ git add helloWorld.txt
$ git status

on branch master
No commits yet
Changes to be committed:
         (use “git rm –cached <file>...” to unstage)
                   new file:      helloWorld.txt

Git commit

O “git commit” captura o estado atual do arquivo e adiciona as alterações para o histórico do repositório local atribuindo um hash como identificação, com o “–m” podemos adicionar uma descrição das mudanças realizadas.

$ git commit –m “<descrição>”

Utilizando o comando “git status" podemos observar que os arquivos estão prontos para serem encaminhados para o diretório remoto.

Git remote

O “git remote” é utilizado para gerenciar os repositórios monitorados, o exemplo abaixo registra o repositório remoto e adiciona o endereço em “origin” onde passaremos o link que pode ser encontrado na aba code do nosso repositório no GitHub.

$ git remote add origin <endereço>

Git Push

Com o “git push –u origin ” podemos encaminhar as mudanças commitadas para o GitHub, nesse exemplo utilizaremos o branch padrão master.

$ git push -u origin master

Depois que recarregar a página do seu repositório remoto você verá seus arquivos atualizados.

Conclusão

Vimos que para utilizar uma ferramenta tão poderosa como o git e subir seus arquivos para um repositório remoto é mais simples do que parece, com apenas alguns comandos aprendemos a versionar nossos arquivos e deixá-los em um local acessível e seguro para serem utilizados a qualquer momento.

Como material de apoio, deixo aqui também o vídeo do Jeterson que vai te ajudar a visualizar melhor como subir arquivos no github.


Esta publicação foi uma contribuição de autoria de João Apostulo Neto. Você pode entrar em contato com ele em seu Github @japostulo ou LinkedIn /joaoapostulo.

Envie você também a sua, veja mais detalhes na nossa página do Github.

Comments